Por meio dos subsídios e programas da Fundação, rotarianos e outros contribuintes apoiam a missão humanitária da entidade e transformam o mundo financiando assistência comunitária, melhorando o meio ambiente, fornecendo bolsas de estudos e contribuindo à erradicação da pólio.

Para erradicar a pólio, os rotarianos mobilizam centenas de milhares de pessoas. Eles trabalham para garantir que as crianças sejam imunizadas contra esta terrível doença e que as atividades de vigilância continuem em prática a despeito da pouca infraestrutura, pobreza extrema e guerras civis em muitos países. Desde a criação do programa Pólio Plus, em 1985, mais de dois bilhões de crianças receberam a vacina oral antipólio.

O Desafio 200 Milhões de Dólares do Rotary é a resposta da Fundação Rotária aos dois subsídios de valor total de US$355 milhões que a Fundação Bill e Melinda Gates ofereceu para apoiar os esforços de erradicação da doença. Cada dólar doado ao programa Pólio Plus fará parte do Desafio, o qual deve ser alcançado até 30 de junho de 2012.

Subsídios Pólio Plus – A princípio, somente eram solicitados por presidentes de Comissão Nacional Pólio Plus ou pelos parceiros do Rotary na luta contra a pólio, como a OMS e o Unicef. Agora, esses subsídios financiam esforços de erradicação da doença em países onde a pólio é endêmica ou que correm o risco de importar o vírus. Entre estas atividades estão os Dias Nacionais de Imunização e o monitoramento da transmissão do vírus.

• Programa de Subsídios Humanitários

Recuperação em casos de catástrofe – Rotarianos podem doar dinheiro aos fundos que são destinados a comissões locais para ajudar na recuperação de áreas afetadas por catástrofes naturais. O programa foi criado em 2005-06 e a Fundação atualmente administra quatro fundos: Furacão Stan e Wilma (Guatemala e México), Furacão Wilma (Estados Unidos), Terremoto na Índia e Paquistão e Fundo de Solidariedade no Sul da Ásia. As contribuições a esses fundos totalizaram US$6,4 milhões.

Subsídios Distritais Simplificados – Financiam atividades distritais locais e no exterior.

Subsídios Equivalentes – Equiparam fundos doados a projetos de Rotary Clubs e distritos.

• Programas Educacionais

Bolsas Educacionais – A Fundação patrocina um dos maiores programas de bolsas do mundo. Enquanto no exterior, os bolsistas desempenham o papel de embaixadores da boa vontade. Desde 1947, aproximadamente 47.000 bolsistas de 110 países receberam bolsas da Fundação totalizando cerca de US$476 milhões.

Intercâmbio de Grupos de Estudos (IGE) – Anualmente, distritos parceiros de diferentes países recebem verba para cobrir custos de viagem em visitas recíprocas de equipes formadas por profissionais não-rotarianos. Os rotarianos anfitriões traçam itinerário de quatro a seis semanas que inclui atividades profissionais, educativas e culturais. Desde 1965, mais de 57.000 pessoas de 100 países participaram do programa ao custo de US$92 milhões.

Bolsas Rotary pela Paz – Anualmente, até 100 bolsistas recebem diploma de mestrado ou certificado de aperfeiçoamento profissional em um dos Centros Rotary pela Paz. Assine o boletim Peace Net, que contém um fórum para integrantes dos Centros Rotary pela Paz.